Cubo

13 janeiro 2024

Sinopse

“Apetece-me cair para cima até um lugar desconhecido sem precisar de mapas para escalar montanhas ou instruções para abrir e fechar portas de castelos imaginários! É como jogar a um novo jogo… e saltar à primeira paisagem!”
O espectáculo evoca a amizade, as separações, a necessidade de conhecimento e a aventura de crescer a partir da igualdade, rompendo os arquétipos de género.
As imagens sugeridas pelo texto, a evocação da música e a agilidade do jogo físico criam um universo cómico e poético que viaja da fantasia ao nascimento da curiosidade humana.

Num misterioso CUBO de madeira, duas personagems muito diferentes conseguem viver em harmonia. Ela é curiosa e determinada, ele é terno e vulnerável. Brincam, divertem-se e riem, mas um dia ela decide ir mais além: quer viajar
em busca de novas perguntas e descobrir o mundo inteiro. Ele está contente com as suas respostas, sente-se confortável e seguro. Tudo o que deseja é permanecer eternamente no baloiço do seu CUBO. Sempre conseguiram chegar a um acordo,
mas desta vez parece muito complicado. Que solução encontrarão?

Preço bilhetes

4 a 10€

Local

Sala Experimental do Teatro Municipal Sá de Miranda

Data

13 de janeiro de 2024

Sessões

Sábado
17h00

Acessibilidade e Mediação

Reconhecimento de Palco
Conversa Pós Espetáculo

Duração

45 minutos (aprox.)

Classificação Etária

M/4

Produção

Elefante Elegante

Ficha Técnica

Criação
Gonçalo Guerreiro

Texto
Tiago Alves Costa

Direção artística e interpretação
María Torres e Gonçalo Guerreiro

Direção de Atores
Pablo Sánchez

Cenografia
Gonçalo Guerreiro

Música
Manuel Fonte e Miguel Paz

Figurinos, adereços e desenho gráfico
Carolina Díguele

Iluminação
Nacho Martín

Estrutura cenográfica
Carolo Losada